quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Quem é quem?

Descobri aqui, que há um site que nos permite antever como será o(a) nosso(a) filho(a)...
como a curiosidade mora aqui, e porque andamos sempre a identificar pontos de um de outro que gostariamos que o(a) nosso(a) filho(a) tivesse, resolvi experimentar...
Apresento-vos então...
O Miguel...

A Ana Maria....

E então?!
Confesso que vão ambos de encontro ao que desejávamos ou seja, côr de olhos do pai com o formato de olhos da mãe, nariz da mãe (LOL), na menina cor de cabelo que a mãe tinha em pequenina, no menino os caracois do pai :). Só a boca é que podia ser mais do pai :)

PS: os nomes usados são meramente ficticios ( ou uma tentativa de indução ao lado paterno), pois como em algumas outras coisas ainda não chegámos a um acordo!

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Semana 9


Filho (sim que a mãe acha que vai ser menino),

Faltam cerca de três semanas para te voltarmos a ver... para ouvir o teu coração e esreitar como estás aí no teu T0 ... parece que o tempo nunca mais passa...

Tens sido muito bem comportadinho e praticamente não dás mal estar nenhum a mãe: muito poucos enjoos, algum sono e aversão apenas ao frango e nem sempre...

Por esta altura estamos mais ou menos assim...

O BEBE
No início desta semana o bebê mede cerca de 15-16 mm. As primeiras ondas cerebrais são detectadas. A estrutura básica dos olhos já está bem adiantada, porém ainda situados de cada lado da cabeça do embrião. As aberturas nasais e a ponta do nariz estão completamente formadas. Os intestinos começam a sair do cordão umbilical e penetram no interior do abdome, enquanto o corpo cresce. Os dedos das mãos, incluindo o polegar, já apareceram, mas ainda são curtos e acolados. Os ossos e cartilagens continuam a se desenvolver. No final desta semana, o embrião mede cerca de 20 mm e pesa cerca de 1,0 g. O coração está completamente formado; o diafragma separa o tórax do abdome. Algumas glândulas já começam a funcionar (hipófise, adrenais). A placenta substitui o corpo lúteo na produção de progesterona.

A MÃE
Já falhou a segunda menstruação. Suas mamas já aumentaram e ainda continuam sensíveis. Use um sutiã que dê suporte às suas mamas sem apertá-las e você vai sentir mais alivio. Sua cintura pode estar aumentando (já sinto já) e você ainda pode apresentar um pouco de azia e empachamento após as refeições. Seu corpo está se adaptando aos hormônios da gravidez (estrógeno e progesterona - que aumentam seus níveis sangüíneos para cerca de 10 vezes os níveis antes da gravidez). Veja como lidar com os desconfortos da gestação.

O PAI
Vamos falar um pouco da atividade sexual. Muitas mulheres têm uma alteração do desejo sexual durante o 1º trimestre. Isso é devido, em parte, ao mal estar matinal. Por outro lado, outras mulheres, longe do controle de natalidade, tornam-se verdadeiras maníacas sexuais. Em ambos os casos o que está acontecendo é normal.
E você? Os pais também podem experimentar uma alteração de desejo. Com o aumento do volume mamário (as mães não mostram muito isso) você pode se sentir como um garoto de 16 anos, atraído por aqueles seios "bojudos". Mas, ao mesmo tempo, pode estar preocupado em machucar o bebê durante a relação ou fazer alguma coisa que possa prejudicar a gestação. Fale com o médico para aliviar seus medos. A mãe pode não estar naquele seu "pique" ou vice-versa. Novamente é preciso entender que os hormônios também provocam uma certa labilidade emocional. Ora ela está eufórica e bem, ora está deprimida e chorosa. Se os dois estão bem humorados, aproveitem. Caso contrário, tentem entender e juntos conversem a respeito do seus estados de espírito. Fale com ela a respeito de suas preocupações.

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

Semana 8

O BEBÉ

O embrião mede cerca de 12-13 mm de comprimento no início desta semana. A face continua a mudar, aparecem as orelhas, os olhos e a ponta do nariz. Os futuros dentes se desenvolvem sob as gengivas. O coração separa-se em 4 câmaras. Os batimentos cardíacos vistos ao ultra-som são muito rápidos, cerca de 170 batidas por minuto. O diafragma, músculo que separa o tórax do abdome, começa seu desenvolvimento. Os intestinos começam a se formar dentro do cordão umbilical. Os rins começam a produzir urina pela primeira vez. Os cotovelos começam a se formar nos braços e os dedos das mãos iniciam seu desenvolvimento. Os brotos das pernas começam a mostrar os pés e os delicados nós para a formação dos dedos dos pés. Começa a ossificação do esqueleto. No final desta semana o bebê mede cerca de 15 mm e pesa em torno de 0,7 g.

A MÃE

Seu útero tem o tamanho de uma laranja e você pode estar sentindo sua cintura se expandir. Se esta é a sua primeira gestação, ainda não aparece a barriga (mentira...). Caso contrário já pode estar percebendo uma "barriguinha". A barriga aparece cada vez mais cedo nas futuras gestações devido à distensão dos músculos e ligamentos abdominais (é claro que isso vai depender do quanto você malha) (deve ser por isso :S). Você pode se sentir como uma adolescente: com acne e problemas de pele. Não se aborreça - a gravidez causa um aumento da oleosidade da pele, (Estou a entrar na fase "ferrero roche") devido à produção dos hormônios placentários. Essas alterações desaparecem assim que passa o primeiro trimestre ou mesmo após o parto, quando os níveis hormonais abaixam.

O PAI

Faça um esforço para ir á primeira consulta pré-natal. (Ele já foi que é um papa lindo :))Torne-se um Pai envolvido com a gravidez. Faça aquela pergunta - Será que eu também estou grávido? Veja alguns sinais da Síndrome de Gravidez Paterna e faça você mesmo o diagnóstico: "tive vontade de ir ao obstetra junto com ela"; "estou começando a cultivar uma barriguinha - na base dos docinhos que tenho comido, é claro!" ; "fico querendo saber a todo instante de quanto tempo ela está" ; "de repente fiquei mais carinhoso com ela" ; "fui ao Shopping e comprei um sapatinho de lã para o bebê" ; "tenho estado tenso e com um pouco de enjôo" ; "estou louco para dizer ao mundo inteiro que vou ser papai"; "oba! Eu tenho um obstetra na minha vida!" É isso aí. Você está realmente grávido. Faça perguntas ao médico dela e divida essa aventura, pois querendo ou não você também está grávido. Leve a mamãe para almoçar, tomar um lanche ou jantar fora (acho uma optima ideia) após a consulta e discuta com ela alguns pontos sobre a sua gravidez

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Nos ultimos dias....

- Fomos à obstetra e ja vimos uma "bago de arroz" com 5.7mm a mexer e com o coração a bater freneticamente!
- O pai veio com os olhos a brilhar e a desejar que a barriga cresca depressa
- A mãe veio com ordens de dieta e algumas "limitações" alimentares até as 12 semanas
- Proxima consulta no dia 14 de Novembro

- Na 6ªfeira a mamã contou aos 2 amigos-irmãos a presença do feijão... cairam lagrimas e muitos sorrisos... foi tão bom saber que ficaram tão felizes quanto nós...
- No fim semana recebemos a 1ª prenda da "tia" mais babada (obrigada minha querida)

- Hoje faz 8 anos que estamos juntos! 8 anos depois, de dois, passámos a ser três :) e é tão bom!!

Amamos-te pai!

Semana 7

O BEBÉ

O bebê mede cerca de 6 mm de comprimento no início desta semana (é o tamanho de um grão de arroz). A formação dos braços e pernas continua, embora os dedos das mãos e dos pés ainda não tenham se formado. As regiões da coxa, perna e pés podem ser distinguidas nos brotos dos membros inferiores. O cérebro está crescendo, bem como, as lentes dos olhos, narinas, intestinos, pâncreas e brônquios (pulmões). O embrião mede cerca de 7 a 8 mm, apresenta batimentos cardíacos, feições humanas (olhos, nariz e orelhas); começa o desenvolvimento de cartilagens e músculos. Há o estabelecimento de conexões nervosas entre a retina e o cérebro. O fígado já produz bile. O ureter, o tubo que conduz a urina dos rins para a bexiga, continua a se alongar. Começa a formação das gônadas (testículos ou ovários). No final desta semana o embrião atinge 12 mm e apresenta o tubérculo genital, que originará os órgãos genitais externos (pênis e bolsa escrotal no homem; clitóris, grandes lábios e parte da vagina, na mulher).

A MÃE
Os sintomas de gravidez inicial podem se acalmar um pouco, porém há tendência à piora das náuseas, (pois... é agora que as vezes aparecem :S) pois há aumento constante do beta-hCG (produzido pela futura placenta que também está em crescimento). Esse hormônio é um dos principais responsáveis pelo mal estar da grávida. Você ainda não aparenta mas pode ter perdido ou ganhado algumas gramas, o que nessa fase é normal. (não comento mas acredito mais no ganhar :S)

O PAI
Você tem um gato em casa? Cuidado!! As fezes do gato podem conter um parasita que causa a Toxoplasmose - uma infecção que pode atravessar a placenta e provocar danos no bebê. Você deve limpar a casinha do bichano.(ouviste pai, ouviste??) Outra forma de ajudá-la é evitar que ela coma carne mal passada ou crua. Lembre-se, quando for comer aquela "picanhinha" sangrante, ou mesmo o próprio gatinho (o que é isto????) (por algum ressentimento que ele tenha lhe causado) não o faça na frente dela - é muita provocação.(isto também se aplica a gomas e chocolates ok?)

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

O pai grávido....

Já ha uns tempos que passei num blog onde o futuro pai sentia os mesmo sintomas da gravidez da mãe, passando pelos enjoos e dores...

Na altura achei piada e não liguei...

Neste meu novo "estado", um dos quase raros sintomas que tenho são as dores no peito (leia-se mamas), sobretudo quando toco...

No sabado o marido teve jogo de andebol... e tal não é o meu espanto quando ao chegar a casa me diz que levou algumas cacetadas mas que o que lhe doeu mesmo foi quando lhe tocaram...
nas MAMAS!!

terça-feira, 7 de outubro de 2008

6 semanas

Estamos mais ou menos assim...

O BEBÉ...

Os primeiros batimentos cardíacos do embrião já começaram. Ele mede cerca de 2,5 mm de comprimento no início dessa semana e tem a forma de um "S". O embrião já apresenta o esboço da cabeça, coração e um tubo neural. O crescimento é muito rápido nessa fase. O cordão umbilical se forma. Os olhos e ouvidos começam a se desenvolver, bem como a boca e a língua. O coração primitivo já começou a bombear sangue e a maioria dos órgãos estão em formação. O coração e o fígado combinados possuem o mesmo volume da cabeça nesse período. Os brotos dos futuros braços e pernas começam a se formar. No final desta semana o embrião adota a forma de um "C", mede cerca de 5,0 mm e pesa em torno de 0,4 g.

EU...

As náuseas começam a intensificar. O enjôo matinal é uma companhia para qualquer hora do dia. Você "deseja" alguns tipos de alimentos enquanto o "simples pensamento" a respeito de outros tipos de comida levam você ao banheiro.(até agora nadinha disto... mas falem baixinho) Devido a esse período ser crítico para o desenvolvimento do seu bebê evite álcool, remédios, drogas e tratamentos estéticos (permanentes, colorir os cabelos, etc.). Se você ainda não marcou, marque a sua primeira consulta pré-natal. (check)

Quando e como contar ao mundo a respeito de sua gravidez?
Você deve estar ansiosa por contar a todo mundo que está grávida. Ou você pode querer esperar um pouco e guardar segredo. Alguns pais têm receio sobre aborto e preferem nada dizer até que esse risco tenha passado. No entanto, os amigos e a família podem ser uma inestimável fonte de ajuda em caso de aborto, e você poderá estar perdendo essa oportunidade, não dividindo com eles o seu estado. Faça o que você acha mais confortável, mas faça disso um evento especial quando resolver falar. (espero mesmo que todos compreendam a nossa posição e ninguém nos leve a mal! Em breve vamos poder contar-vos que vão ser "tios")

sexta-feira, 3 de outubro de 2008

1º Eco

Bem, não foi bem a 1ª já que a primeira foi feita no hospital...

De qualquer forma foi a 1ª depois de sabermos deste estado de "graça".
Não fiquei contente... ía muito expectante em relação a ouvir o coração do bebé e isso não aconteceu... o médico diz que 2 mm era muito pequeno e não dava...

Descansou-me dizendo que havia uma visicula vitelina, e que estava vivo (no ralatório falava mesmo em batimento cardiaco)... de qualquer forma neste momento não havia mais a dizer...

Dia 8 há consulta com a obstetra que nos vai seguir, espero vir de lá mais esclarecida.

Tenho o coração apertadinho de tanto medo... e um "raspanete" do pai a dizer que tenho que ser mais optimista!

Tens razão amor, eu vou tentar