segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Semana 9


Filho (sim que a mãe acha que vai ser menino),

Faltam cerca de três semanas para te voltarmos a ver... para ouvir o teu coração e esreitar como estás aí no teu T0 ... parece que o tempo nunca mais passa...

Tens sido muito bem comportadinho e praticamente não dás mal estar nenhum a mãe: muito poucos enjoos, algum sono e aversão apenas ao frango e nem sempre...

Por esta altura estamos mais ou menos assim...

O BEBE
No início desta semana o bebê mede cerca de 15-16 mm. As primeiras ondas cerebrais são detectadas. A estrutura básica dos olhos já está bem adiantada, porém ainda situados de cada lado da cabeça do embrião. As aberturas nasais e a ponta do nariz estão completamente formadas. Os intestinos começam a sair do cordão umbilical e penetram no interior do abdome, enquanto o corpo cresce. Os dedos das mãos, incluindo o polegar, já apareceram, mas ainda são curtos e acolados. Os ossos e cartilagens continuam a se desenvolver. No final desta semana, o embrião mede cerca de 20 mm e pesa cerca de 1,0 g. O coração está completamente formado; o diafragma separa o tórax do abdome. Algumas glândulas já começam a funcionar (hipófise, adrenais). A placenta substitui o corpo lúteo na produção de progesterona.

A MÃE
Já falhou a segunda menstruação. Suas mamas já aumentaram e ainda continuam sensíveis. Use um sutiã que dê suporte às suas mamas sem apertá-las e você vai sentir mais alivio. Sua cintura pode estar aumentando (já sinto já) e você ainda pode apresentar um pouco de azia e empachamento após as refeições. Seu corpo está se adaptando aos hormônios da gravidez (estrógeno e progesterona - que aumentam seus níveis sangüíneos para cerca de 10 vezes os níveis antes da gravidez). Veja como lidar com os desconfortos da gestação.

O PAI
Vamos falar um pouco da atividade sexual. Muitas mulheres têm uma alteração do desejo sexual durante o 1º trimestre. Isso é devido, em parte, ao mal estar matinal. Por outro lado, outras mulheres, longe do controle de natalidade, tornam-se verdadeiras maníacas sexuais. Em ambos os casos o que está acontecendo é normal.
E você? Os pais também podem experimentar uma alteração de desejo. Com o aumento do volume mamário (as mães não mostram muito isso) você pode se sentir como um garoto de 16 anos, atraído por aqueles seios "bojudos". Mas, ao mesmo tempo, pode estar preocupado em machucar o bebê durante a relação ou fazer alguma coisa que possa prejudicar a gestação. Fale com o médico para aliviar seus medos. A mãe pode não estar naquele seu "pique" ou vice-versa. Novamente é preciso entender que os hormônios também provocam uma certa labilidade emocional. Ora ela está eufórica e bem, ora está deprimida e chorosa. Se os dois estão bem humorados, aproveitem. Caso contrário, tentem entender e juntos conversem a respeito do seus estados de espírito. Fale com ela a respeito de suas preocupações.

1 comentário:

Barriguitas disse...

"a mãe acha que é menino"? :)
Pronto, mais um que vai deixar de poder visitar a Maria Rita!
(é que o papá da Maria Rita anda a dizer que vai proibir os meninos todos de entrar lá em casa, excepto o Rafael que é primo!)

Beijocas para a mamã