terça-feira, 4 de novembro de 2008

Semana 10

O BEBE

No início desta semana o bebê mede cerca de 22 mm. Ele começa a se movimentar dentro do útero, embora a mãe não perceba. Os olhos estão bem desenvolvidos, porém ainda situados de cada lado da cabeça do embrião. Como o crescimento da cabeça continua, eles irão migrar para a porção frontal da face. As orelhas estão implantadas em posição baixa na cabeça, contudo se moverão para cima à medida que ela crescer. Nos próximos 3 dias a língua termina sua formação. O fígado causa uma proeminência ventral no abdome. Em embriões femininos o clitóris está começando a se formar. O pênis se desenvolverá a partir dos mesmos tecidos, apesar de ainda ser difícil de reconhecer os genitais externos. A maioria das articulações já se formou - cotovelos, quadris, joelhos, ombros, tornozelos, bem como as pequenas juntas dos pés, mãos e dedos. Os membros superior e inferior estão bem desenvolvidos. Os dedos das mãos se tornam mais longos e os dos pés se separam e tornam-se distintos. Uma fina membrana de células achatadas, a precursora da pele, substitui o fino ectoderma do embrião. No final desta semana, o embrião mede cerca 26-30 mm e pesa cerca de 2,0 g. Nesse último estágio de desenvolvimento embrionário, todas as estruturas externas e internas essenciais estão presentes. Os principais sistemas estão integrados e formados. Ao término dessa fase o embrião aumentou o peso cerca de 50 vezes.

A MÃE
O mal estar matinal começa a melhorar para algumas mães. Para outras mulheres pode até piorar. Há quem diga que quando o bebê é do sexo feminino há chance de ter mais vômitos do que o normal. Isso pode ser verdade, em parte, pois os níveis de beta-hCG são mais elevados nesses casos. Nesta semana vamos nos queixar de mau humor e a face pode ficar mais ruborizada devido ao aumento dos hormônios (progesterona). Palpitações podem acontecer, mas são transitórias. Seu volume de sangue aumentará cerca de 40-50% durante a gestação. Como resultado, você vai notar com mais facilidade as veias, especialmente, em sua barriga, mamas e pernas.

Ganho de Peso (assunto mais critico deste processo): A quantidade de peso que uma gestante ganha varia de mulher para mulher e de gravidez para gravidez na mesma mulher. Vamos fornecer alguma orientação aqui, mas tenha em mente que os números não contam tanto quanto o alimento que você ingere. Se você consome alimentos nutritivos em quantidades adequadas, estará se alimentando bem para você e seu bebê. Se você ganha mais peso que o recomendado, mas consome alimentos saudáveis, há grande chance de seu peso logo voltar ao normal após o parto. Lembre-se - não faça dieta durante a gravidez, a menos que seu médico recomende.
GANHO DE PESO PARA GRÁVIDAS DE UM SÓ FETO
Peso antes de engravidar Ganho de peso aceitável até o final
Grávidas abaixo do peso ideal 12 a 18 Kg
Grávidas com peso ideal 10 a 16 Kg
Grávidas acima do peso ideal 6 a 10 Kg

DE ONDE VEM O AUMENTO DE PESO DURANTE A GESTAÇÃO? (fetos únicos)
Bebê 3200 g
Útero 950 g
Placenta 600 g
Mamas 900 g
Sangue e outros fluidos acumulados 3600 g
Gordura 3150 g

O PAI
A mamãe provavelmente está cantando uma música "popular brasileira" justo agora e você deve estar cantarolando em torno dela. Em um minuto você pode querer gritar com todos os seus pulmões que você vai ser pai. Noutro minuto, você pode querer esquecer isso por estar assustado com a idéia da paternidade. Esse é um outro sinal da sua gravidez. Pois se torne um pai grávido e não fique pondo resistências. De modo geral, o medo está relacionado com a expectativa de maiores responsabilidades financeiras e falta de maturidade para se relacionar com um filho. Relaxe! Isso é normal! Afinal de contas gravidez não é nenhuma doença. Compartilhe esses pensamentos - a excitação e o medo - com sua mulher. Ela, provavelmente, está sentindo a mesma coisa.

Sem comentários: