terça-feira, 25 de maio de 2010

1 ANO

Quando há um ano atrás te colocaram em cima do meu peito, tomei consciência que a minha vida numa mais iria ser a mesma!
Ver a tua pele branquinha ainda coberta da vernix que te protegeu durante 39 semanas no meu ventre derreteu-me o coração e fez-me renascer de novo! Olhar para o teu rosto sereno e ver esses olhinhos rasgados a abrirem-se para o mundo fizeram-me esquecer todas as horas de dor que tinha acabado de passar!

Contigo nasceu também uma mãe! A mãe que tenho aprendido a ser contigo dia-a-dia, cada vez melhor e cada dia com mais e mais amor…

Antes de ser mãe eu dormia o quanto queria e nunca me preocupava com a hora de ir para a cama, nem de levantar.
Antes de ser mãe eu não me esquecia de pentear o cabelo e de lavar os dentes.
Antes de ser mãe a nossa casa estava minimamente arrumada, hoje tropeço nos teus brinquedos.
Antes de ser Mãe eu tinha controlo sobre a minha mente, meu corpo e meus sentimentos.
Antes de ser Mãe, ninguém vomitou nem fez xixi em cima de mim. Ninguém me beliscou sem nenhum cuidado com unhas finas.
Antes de ser Mãe eu nunca tive que segurar um bebé a chorar para que os médicos pudessem fazer exames ou dar vacinas. Hoje choro contigo cada vez que isso acontece.Antes de ser mãe eu não tinha olheiras. Hoje posso ter os olhos negros de acordar vezes sem fim para te ver dormir.
Antes de ser mãe eu nem imaginava o que eram dores de parto. Hoje sei o que são e sinto que valem a pena.
Antes de ser mãe eu não conhecia a sensação de ter o meu coração fora do meu próprio corpo.
Eu nunca tinha chorado ao olhar uns olhinhos quando choravam. Eu nunca tinha ficado tão feliz com um simples sorriso. Eu nunca tinha ficado horas a fio a ver alguém dormir.Antes de ser mãe eu nunca senti o meu coração despedaçar-se quando não pude estancar uma dor.
Antes de ser mãe eu precisava de olhar para o espelho para me ver. Hoje olho para ti e vejo-me.
Antes de ser mãe eu nunca imaginei que uma coisinha tão pequenina pudesse mudar tanto a minha vida. Nunca imaginei o calor, a alegria, a dor e a satisfação de ser mãe.
Antes de ser mãe eu não sabia que era capaz de ter sentimentos tão fortes.
Antes de ser mãe eu nunca imaginei que pudesse amar alguém assim tanto, com tanta profundidade e um amor que cresce dia após dia.
Antes de ser mãe eu não imaginava que alguém tão pequenino me fizesse sentir tão importante.

Antes de ser mãe eu tinha medo de morrer. Hoje, por ti, daria minha vida!


Minha filha, sem duvida que este tem sido o ano mais rico, preenchido e feliz da minha vida. Ter-te nos meus braços a transbordar de mimo quando te dá o sono faz-me esquecer todas as chatices do dia de trabalho. Ver a tua carinha de safada quando sabes que estás a fazer coisas que a mãe não gosta enche-me de orgulho, ouvir-te a gargalhar quando te faço cócegas preenche-me o coração!
Contigo e por ti, minha filha hoje sou uma pessoa mais frágil mas muito mais forte ao mesmo tempo!
Quero que um dia, ao leres isto, fiques com a certeza que és a maior riqueza dos teus pais. Que és a princesa da nossa vida e o nosso orgulho. Que por ti faremos sempre tudo para te proteger e educar e que vamos sempre lutar para que sejas uma menina feliz.
Quero que saibas que vamos estar sempre do teu lado, sejam quais forem as opções que vás tomando ao longo da caminhada da tua vida. Que connosco podes contar sempre, mesmo que por vezes não aches isso.
Desejo-te minha filha, uma caminhada muito longa e com poucas pedras no caminho. Desejo que tenhas sempre a garra e determinação para atingires o que desejas. Desejo que um dia te sintas feliz e realizada com o percurso que começas agora a construir.
Desejo do fundo do coração que essas mãozinhas, hoje pequeninas, nunca sejam pequenas de mais para agarrar tudo o que este mundo tem para oferecer!

Muitos parabéns e muitas felicidades

Da mamã e do papá que te amam

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Quinta-Feira da Ascensão

Hoje é o feriado cá da Terra – a Quinta-Feira da Ascensão! Não, não é por estar cá o Papa, foi pura coincidência calhar no mesmo dia!

Com é da tradição hoje a família vai toda (quase toda) almoçar ao pinhal e colher a “espiga”.
Quase toda porque aqui a mãe trabalha em Leiria e teve de gramar com mais um dia de trabalho!

O pai pôs um dia de férias e vai com a princesa, a avó e restante família cumprir a tradição. Vai ser a primeira Quinta-Feira da Ascensão da princesa que de certeza vai adorar andar a nessas “agitações”. Tomara que o tempo ajude e que se aguente o sol que agora espreita.
Vamos ver se o dia passa depressa que a mamã vai logo ter convosco!