sexta-feira, 25 de setembro de 2009

O tempo voa

…é o sentimento que eu mais tenho…

Há exactamente quatro meses atrás, a esta hora, estavas nos meus braços, pequenina, a dormir como um anjo acabado de chegar à terra! Jamais esquecerei esta noite em que não dormi um único minuto…só queria olhar para ti, ter-te nos meus braços, encher-te de beijos e cheirar-te…aquele cheiro doce que só os recém-nascidos têm e que nos enchem plenamente…
Foi uma noite única…especial…só nossa. O colocar-te no meu peito pela primeira vez, o mudar-te a primeira fralda….passem os meses ou anos que passarem jamais irei esquecer!

Hoje estás já tão crescida e demonstras já traços tão teus…
- Já seguras perfeitamente a cabecita no ar e como adoras andar sempre direitinha.
- Cada vez agarras melhor as coisas e vai tudo direitinho para a boca
- Os dentes devem estar mesmo a rebentar pois não paras de te babar e já tens a gengivas “grossas”
- Seguras-te lindamente de barriga para baixo e já te tentas esticar para agarrar objectos
- Adquiriste horas mais ou menos certas para adormecer e entre as 20h45 e as 21h30 és completamente vencida pelo sono, até cerca das 8h do dia seguinte
- Já gostas imenso de brincar, de preferência deitada no teu tapete de actividades com o arco ou sentadinha com o teu cubo da Chico
- Já tens muita força nas pernas e adoras estar de pé ao nosso colo
-Já te ris à gargalhada com as nossas brincadeiras, mas principalmente com o pai. És completamente apaixonada por ele! Por muito grande que seja a tua birra assim que o vês desfazes-te em sorrisos- Adoras que conversemos contigo e respondes com sons cada vez mais variados
- Quando não te damos atenção começas aos guinchinhos para que olhemos para ti.
-Continuas a exigir companhia a 100%! Se te deixo na sala 30 seg. para ir a cozinha buscar qualquer coisa da direito a um choro desatado.
- Já exiges praticamente sempre os 180ml de leite embora agente ainda tente por vezes dar-te só 150ml para tentarmos controlar o peso…
- Começaste a comer sopinha à 4 dias e hoje, finalmente, já engoliste mais do que a que deitaste para fora. A sopa de batata com abóbora marchou quase toda, e nós ficámos muito contentes

E é assim com o maior amor e prazer que te vemos crescer e evoluir dia após dia. Sem duvida que nesta fase fazes hoje coisas que não fazias ontem e amanha mais que hoje!
És o nosso maior orgulho e a nossa luz de todos os dias

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

O segundo dia de sopa...

Hoje voltámos a comer sopinha....
Para nós foi mais uma momento de ansiedade e curiosidade relativas à reacção dela à sopa, mas ela estava-se pouco a ralar para aquilo que nós queríamos…

Começou mais ou menos como ontem, com muitas caretas e a cuspir tudo para fora, mais interessada em olhar para o pai que lhe tirava fotografias, mas lá fomos insistindo e passado um bocado já tentava agarrar a colher, morde-la e levar as mãos à boca (estão a imaginar a badalhoquice que foi de sopa e mãos tudo ao molho)

Mais para o fim, às vezes, já abria a boca à colher mas pouco ou nada engolia e vinha quase tudo para fora…
Ao fim de 30 minutos, que ela já estava a começar a chorar de danada, desistimos e só para ver se o mal era do sabor dei-lhe um bocadinho no biberão (completamente contra o que o pediatra disse!) mas acho que nao bebeu nada porque a tetina estava muito fechada. Ela sugava com vontade, por isso suponho que o cuspir tudo se deve à adaptação à colher e à textura e não ao gosto em si, o que acham??

Voltámos ao biberão de leite que marchou num instantinho, e agora dorme que nem um anjo, em principio, até amanha às 8h :)
PS: mamã Pat, gostava de poder retibuir os comentarios no blog do Santiago mas não tenho permissão... podes acrescentar-me? (retirado)

terça-feira, 22 de setembro de 2009

4 meses e primeira sopa

Hoje foi dia da consulta dos 4 meses da nossa garota.

Ela está óptima e recomenda-se! A desenvolver muito bem (demais até) com muita força, muita energia, muitos sorrisos…tudo muito, inclusive o peso!!
Pois é, esta menina brindou-nos com uns espantosos 7.860 kg de peso e 63 cm de cumprimento! É verdade que toda ela é um bebé grande e cumprida mas o peso já ultrapassou as curvas dos percentis…
Claro está que, tal como nós já prevíamos, passámos directamente para a sopinha e nada de papas…

Então lá vim eu do Sr. Dr. a “correr” fazer a primeira sopa da miúda com batata e cenoura como ditam as regras.
Nos estávamos animadíssimos, eu a dar-lhe a primeira sopa e o pai a filmar, mas acho que ela não achou grande piada… sentadinha na sua cadeira fartou-se de fazer caretas, cuspir a sopa e fechara boca para a colher não entrar… mesmo assim lá insistimos uma meia hora, mas achamos que por hoje chegava e voltamos ao biberão de leite que voou num instante!

Amanhã haverá mais… vamos ver como corre…

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

08-09-2007


Faz hoje dois anos que "demos o nó"!

O nó que nos uniu ainda mais e que veio cimentar uma relação de quase sete anos...

Hoje festejamos este dia ainda mais felizes!

Hoje somos três e não dois...hoje temos um fruto nosso que nos deixa radiantes de amor e felicidade.


Parabens, Amor...

sábado, 5 de setembro de 2009

musica de embalar??

A nossa boneca de há uns tempo para cá que faz uma birra tremenda quando está cheia de sono que dura o tempo que eu demorar a agarra-la ao colo, porque ai cai logo que nem uma pedra…

No entanto o pai desde que ela nasceu que a consegue adormecer deitadinha na cama ou no sofá com musica…e que musica?! A “We are the World”do Michael Jackson…

Hoje fiz a prova dos nove…chorava que nem uma desalmada (sem uma única lágrima o que é sinal mesmo de birra) deitei-a no sofá ao meu lado, pus-lhe a chucha, uma mão na cabecita e a bela da musica…aos 3min de música já dormia….
E esta?

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Pezinho na areia...

Ontem aproveitamos ter o pai em casa e fomos beber um café a uma esplanada na nossa praia de S. Pedro de Moel que felizmente já está mais ao meu gosto agora que os turistas de Agosto já foram embora!

Depois de acordar da sesta descalcei-lhe os sapatinhos e com muito jeitinho encostei-lhe os pezitos na areia! Foi o máximo a cara dela de estar a pisar algo esquisito! À segunda vez encolheu a pernitas mas dai para a frente estava toda contente a mexer os deditos! Não chorou nada e arrisco mesmo a dizer que até gostou.

Infelizmente não tinha levado a máquina fotográfica comigo e por isso não pudemos resgistar a primeira vez na areia…

Adenda: andar SEMPRE com a máquina fotográfica…nunca se sabe quando haverá outra “primeira vez”…